2007-02-07

Bichinhos, era uma vez...


(Ilustração feita pelos próprios alunos. Assim era a nossa vida!...)

(Decorria o ano de 1989, era Junho e mais um ano lectivo terminava.Durante quatro anos tínhamos vivido "coisas"juntos. Gostávamos uns dos outros, mas agora chegara a hora da despedida. Eles seguiriam o seu caminho. Eu, em Setembro receberia nova "ninhada". Organizámos um "livrinho de finalistas", onde cada um de nós escreveu uma historinha. Depois fotocopiamos e cada um levou de lembrança esse livro. Esta foi a historinha que escrevi e que aqui partilho com vocês.)
ERA UMA VEZ UMA GALINHA...
Era uma vez uma galinha que tinha vários pintos. Muuuuuitos pintos!
Uns mais amarelinhos, outros menos amarelinhos... Uns irrequietos, outros calmos e pacíficos e outros assim-assim!...
Havia os que tinham a crista muito vermelhinha e outros tinham-na mais pálida.
Havia os que tinham as penas arrepiadas e os que as tinham muito lisas...
A capoeira era grande e a galinha andava sempre numa azáfama. É que aquela galinha era meio esquisita. Metiam-se-lhe ideias na cabeça que só vendo...
Por vezes tinha a mania que era sábia e cacarejava o dia inteiro:
- Cá-ca-rá-cá-cá, que 3x9 eram 27...
- Cá-ca-rá-cá-cá, que a terra era um planeta; que o D. Afonso Henriques fora o 1º rei de Portugal; que as palavras esdrúxulas, cá-ca-rá-cá-cá, eram sempre acentuadas, etc...etc...
- VALHA-NOS AQUI O DEUS DAS AVES!!!
Tanto cacarejo até deixava os pintos estonteados. Coçavam as cristas e entre bicos comentavam: - RAIO DE CAPOEIRA ESTA, ATÉ PARECE UMA ESCOLA!
Havia outros dias em que a galinha tinha a mania que era artista. Arrufava as penas, subia para o poleiro e recitava poemas falando de certos nomes como: José Régio, Fernando Pessoa, Camões...
- PIU-PIU! (suspiravam os pintos). QUEM SERÃO ESTES? SERÃO GALOS, PATOS OU CISNES?
E entre cacarejos e pius-pius, lá se foram passando os dias, os meses e até os anos.
Agora, a galinha andava um bocado "em baixo".
Pois é! Os pintos tinham crescido e era chegada a hora de seguirem sozinhos o seu caminho.
Ela tinha feito o que podia!... Esgravatara sempre com energia, procurando alimentá-los com boas sementes, mas... Seria que eles já estavam prontos para se desenvencilhar sozinhos?
- QUE SIM! - piavam os pintos.
- CHEGOU A NOSSA HORA, PIU-PIU!
- QUEREMOS IR CORRER MUNDO!
- DAREMOS NOTÍCIAS!... - dizia o mais reguila, batendo as asas, já numa tentativa de voo.
E lá foram...
Amarelinhos, pescocinhos erguidos, altivos, serenos, alegres e bonitos!
Suspirando, cá-ca-rá-cá-cá, a galinha, por momentos, escondeu a cabeça debaixo da asa.
No ar ficou um cheiro a saudade... e de cada olho, escorregou-lhe um bago de chuva...

11 comentários:

céu do ó disse...

HÁ AMIGOS QUE VALEM A PENA!
MAS TU VALES A GALINHA INTEIRA!


E esta hem????
Um xi-coração
céu do ó

António Gil disse...

Felizmente que nesse tempo não havia a gripe das aves. Mas mesmo que já houvesse, tenho a certeza que todos os teus pintos partiram vacinados, e com todos os certificados em dia.

Carolina disse...

Céu, essa é de alto gabarito!
Muitos anos trabalhámos e muito, na mesma CAPOEIRA!
CÁ-CA-RÁ-CÁ-CÁ!
;))))

Carolina disse...

Gil, felizmente que ainda não se tinha "inventado" a gripe das aves!
Os pintos lá foram e por aí andam debicando e fazendo pela vida.
Hoje, são belos frangos, tentando imitar os galos.
;)

Ana disse...

Pois!
Em 1989 ainda não se falava na tal praga que é a gripe das aves. Ainda bem que a nossa querida mãe galinha, e os seus pintainhos, faziam estes trabalhos lindos, para um dia serem recordados!
Por a querida professora, que fostes e por os teus pequenos alunos,bjs :)))

carolina disse...

Olá Ana bailarina!

Maria José Senos disse...

Já consigo a Teresinha ensinou-me gostei desse tema sobre a galinha e os pintos o teu bloger está muito giro um grande beijo.Zé Senos

carolina disse...

Ora vês como foi fácil!
Ainda bem que gostaste!
Volta sempre.
;)

Teresinha disse...

Falta então o meu comentário para compôr a ninhada.
Como sempre esse teu texto é uma delícia!
E que linda a tua "capoeira".
Eu nessa altura gostava de ser,mosca,daquelas que anunciam visitas para te ir lá ver sem ter que bater à porta,para mim bastava uma frincha da janela.
E...3x7=21+10 dava um grande trinta e um,pois eu estou a imaginar que ias a correr buscar o
...mata moscas.Ai,Ai.
d[^_^]b

carolina disse...

Eu era lá capaz de esborrachar uma "MOSQUINHA" tão jeitosa!...

Aparecida disse...

gostei do seu blog, a Carolina tem bom gosto em tudo o que faz, a selecçaõ das músicas também me agrada.
Beijinhos
da Aparecida