2007-10-18

O Cabeça de Melancia

Era uma vez um cabeça de melancia
que todo o dia se sentava absorto
desejando estar morto.

...Mas com as coisas que desejamos
precisamos ter cautela.
O último som que ele ouviu
foi o de uma esborrachadela.

(Do livro " A MORTE MELANCÓLICA DO RAPAZ OSTRA" de Tim Burton)

11 comentários:

lami disse...

O cabeça de melancia
Ainda não tinha encontrado
Aquela cabeça de abóbora
Por quem ficou enamorado!

A partir desse momento
Passou a ter um desejo
Encostar as cabecinhas
E roubar um intenso beijo!

Foi assim que se aventurou
Numa furtiva escapadela
Atirou-se à nossa abóbora!
Que grande "esborrachadela" !

Maria José Senos disse...

Coitada da melância e da abóbora, ficaram esborrachadas, um beijo.

Floresta53 disse...

Eu gosto muito de melancia.
É agradável no verão poder refrescar-se com uma talhada de melancia fresca!
Vou sempre me lembrar destes versos, nos verões futuros.
Beijinhos para a Carolina

Bia dos Santos disse...

Olá Carolina:
bom dia, sabe que me deixou a pensar, eu tenho mto de cabeça de melancia, talvez por isso de vez em quando levo umas esborrachadelas.Mas não tenho emenda.
Adoro melância, para mim mesmo um bocadinho esborrachada é melhor do que qualquer sorvete.
BJS

Teresinha disse...

Fizeste-me recordar um episódio acerca de melancias.
-Um dia o Amoroso foi com o filho comprar uma melancia, ao chegarem ao carro...para abrir o porta-bagagens, colocou a melancia nas mãos do meu filho (tinha talvez uns 5 anos, o Rodrigo),que a segurou com todas as suas forças, mas...a força acabou, e a melancia ficou estatelada no chão!...Olhou para o pai com um ar muito zangado, e disse: NÃO PRESTAS PARA NADA!!!(como quem diz, já não aguentava com o peso).
Rimos à gargalhada, e ainda hoje cada vez que se abre uma melancia onde estejam os dois presentes, a história é relembrada e toda a gente é contagiada,
Eu própria, neste momento não resisto, só de me lembrar da cara que ele fez quando viu a melancia estatlada no chão.
Obrigada Carolina por hoje me fazeres rir, "feita tolinha", com belas recordações de infância dos meus filhos.
:))

Teresinha disse...

QUER DIZER, DEPOIS DE RIR...CHOREI!!!
(sabes provocar emoções fortes)

carolina disse...

Ainda bem que estas histórias vos trazem boas recordações.
Umas riem, outras choram, outras versejam.
Todas vocês têm muita imaginação.
Bjh pata TODAS!

Ivone disse...

Do melância pensador
não tinha ouvido falar.
De um cabeça de melão
já tinha ouvido contar.
Acabei agora de saber
que uma cabeça de abóbora
também se pode apaixonar !

Obrigado Carolina.
vou tentar marcar encontro
com ".....o rapaz ostra"

O céu da Céu disse...

Curioso que também me lembrei do Cabeça de Melão e por associação, ao Cabecinha...figura da terra que apregoava pelas ruas...(carne,peixe,notícias...).Eu era pequena, imagina os anos que passaram!!...Quando me nasceu o terceiro filho,era bem cabeçudo...hoje é um lindo rapaz e gosta de melancia...

Carolina disse...

Estou a ver que este "cabeça de melancia vos traz boas lembranças e inspirações.
O "rapaz Ostra" espara por si Ivone escondido numa pocinha de água!...

Ana disse...

Muito bonito estes versos, eu também gosto muito de melancia !!!