2009-03-01

Chinesices!

A minha amiga Ana Isabel, tem um filho que se chama Fábio, um simpático e belo rapaz.
Ao abrigo de um determinado acordo internacional entre escolas, ele encontra-se nos Estados Unidos da América. Por sua vez ela recebeu na sua casa um amável e amoroso chinês.
Resolveu então, aproveitar o Carnaval de Sines, para se vestir a rigor de chinesa e desfilar assim no corso acompanhada do seu gentil e oriental amigo.
Ora digam lá se não estão giros!!!
Uma ideia genial.
Coisas daquela "cabecinha pensadora!..."

13 comentários:

Maria José Senos disse...

Por acaso Carolina eu vi esse casal e as pessoas a falarem que ele era chinês e ela não, estavam muito giros, um beijo.

Banalidades disse...

Que bom! Haver quem se divirta e seja sempre tão jenuíno! Tenho pena de os não ter visto no desfile... Aliás estive pouquíssimo tempo no Carnaval: entrei, vi os carros que saíam e voltei para casa de imediato!

Carolina, a minha mãe está doente e fragilizada; tem muitas dores e há dias em que predominam as confusões, os esquecimentos, a tensão altera-se, há tonturas, febre e vómitos. Parece ser vesícula e estou à espera do parecer do médico acerca de futura operação... Está menos activa; dorme mais e faz algumas tarefas já com custo. No entanto, ela tem dias de grande lucidez e até de boa disposição. Ajuda no que pode e levanta-se para estar na sala e esperar por mim para almoçarmos ou até darmos uma voltinha. Vai-se vivendo.
No meu poema, a imagem que transmito é quase limite e aí pretendo, no fundo, representar muitos e muitos idosos no final das suas vidas. Não me fixei somente na minha mãe e no seu caso concreto; mesclei as situações porque foi assim que a minha sensibilidade me inspirou. Obrigada pela tua preocupação. Obrigada pelas tuas constantes visitas e, sobretudo, pelas tuas grandes palavras. Jinhos e mais jinhos!

Teresinha disse...

Estão giríssimos, Carol!
É muito bonito assistirmos a este intercâmbio.
Eu, seria uma das primeiras a concretizar a vinda de uma ou um, amoroso de preferência, dos quais já vivo rodeada.
Seria, mais um!...
;))

Carolina disse...

Teresinha, tu eras pessoa para isso tenho a certeza. Deve ser um convívio interessante!E uma troca de saberes. Esta minha colega já teve jovens de vários países.

Carolina disse...

Banalidades, o tempo passa...
E vocês eram muito chegadas. Por onde andava uma lá estava a outra!
Verás que ainda vai melhorar, é uma senhora muito rija e está muito bem acompanhada por ti!
;)))

lami disse...

Muito boa ideia esta "chinesice"...
Também me mascarei de chinesinha mas faltou-me o chinês :))

arlete disse...

kandandu
tenho que deixar de passear e receber quem venha de...afinal foi assim que o meu Nambiri foi para os EUA, onde conheceu a nossa Melissa e me deu os netos maravilhosos.

Ana Isabel disse...

Fiquei espantada com estes comentários, todos muito simpáticos por acaso...
Não imaginava que tinhamos feito tanto sucesso!
E graças a ti claro, ficamos famosos com o teu Blog.
Beijinhos amiga.

Carolina disse...

Lami, que pena não teres chinês,mas...tens um português e já não é mau!
Antes um portuga na mão que dois chinocas a voar!
;))))

Carolina disse...

Arlete, e então tu que já falas bem o "americano", porque não recebes um ou uma?
Kandandu!
;))))

Carolina disse...

Ana Isabel tu e o teu chinesinho são agora dois Famosos na sociedade de Sines, Santo André e arredores!
Os blogues são assim,dão aso ao encontro de pessoas e imagina que até se estabelecem amizades.
E é com "o olho em bico" que me despeço de ti!
Baci (beijos em italiano, o "chi" lê-se "tchi"!
Em chinês não sei!
;)))))

Lena Almeida disse...

jiē wěn- beijos em mandarim !
Baci Baci
Lena Almeida

Carolina disse...

ó Lena fico parva! Isso é que é ser poliglota!
E a propósito, não foi à "minha aula" na segunda feira,tem falta injustificada!
;))))