2011-09-12

O meu perfume...

( Clique na imagem)
Decorria o ano de 1973 e eu recebera de prenda de anos um perfume Paco Rabane!
Que "coisa" cheirosa!
Nunca tivera perfume de tanta categoria.
As aulas no Magistério Primário de Évora começaram e eu levei o perfume.
Eu estava no Lar de São José.
No quarto éramos sete moçoilas.
O perfume, por mais que eu poupasse ia desaparecendo.
Eu intrigada perguntava: Alguém "se foi" ao meu perfume?
Respondiam em coro: Não! Olha que deve ser ele que evapora...
Ontem (10 de Setembro de 2011) em Évora, fizemos um almoço de reencontro, saudades e muitas histórias para contar.
Houve muita alegria e algumas lágrimas no canto olho.
Junta das minhas colegas de quarto inquiri: E agora 38 anos passados alguém tem coragem de me dizer QUEM ME "ROUBAVA" O PERFUME???
E entre gargalhadas a Nela ( que fora sempre a mais traquina do grupo) confessou que era ela a prevaricadora.
Mal me apanhava distraída, espargia-se no belo Paco Rabane!
E assim, tantos anos passados descobri "o ladrão"( neste caso ladra) do meu perfume!

9 comentários:

Cidália disse...

Só podia ser a nossa Néla que gostava de pregar partidas. Bjs

Jelicopedres disse...

Ficaste tão encantada com o perfume que nem davas por outra amiga, tão perfumada como tu, Carol!??;))

Deve ter sido um almoço inesquecível, depois de todo este tempo...
Que maravilha, os modernos meios de comunicação dão uma ajuda, neste caso... PRECIOSA!
Preciosa também, és tu, minha Amiga*_*)

Jelica disse...

É verdade, onde estás tu na foto que não te vejo, e a Celeste...!???
Para a próxima, assinalas, tá!


Beijinho*

Carolina disse...

Na fila de cima à esquerda está uma de cabelos pretos alta. Eu penso ser a baixinha que parece ter a cabeça encostada no seu ombro.
Penso eu de que...
A Celeste não sei, mas desconfio que está no meio do "maralhal".
bjhs

Céu Bagio disse...

Desconfio que não terá sido só a Nelinha a perfumar-se com o tão cheiroso Paco Rabane. Que bom foi estar contigo e recordar as patifarias sudáveis daquela camarata. As pobres freiras sofreram tanto que passaram logo a lar de idosos. Um grande beijinho querida.

Carolina disse...

Acabámos com as Freiras. Pobrezitas!
Tu eras a bonitona dos grandes "cabelos esticadíssimos"!
bjhs
A Nela ontem telefonou-me. Vendo bem, foi minha madrinha de curso!!!
Coisa de categoria.
Aparece por aqui para podermos manter o contacto!
bjhs

Celeste disse...

Estou no lado direito, na penúltima fila a contar de cima, ao lado do Diogo e atrás da Nela Mosca e da Ana Elias.Estava gordinha, tenho uma cara mais redondinha.

Carolina disse...

Era o que eu desconfiava. E na tua frente deve ser a Catarina!
É preciso olho de lince para reconhecer as beldades...
;)

Ana disse...

Bons tempos amiga, ainda bem que fazem esses encontros !!!
É sempre bom recordar a nossa infância !!! Esse perfume é muito bom, pois não admira ivaporar para as camisolas das colegas !!! Beijinho.