2006-11-13

Leituras!


AS PEQUENAS MEMÓRIAS
Deixa-te levar pela criança que foste

"Às vezes pergunto-me se certas recordações são realmente minhas, se não serão mais do que lembranças alheias de episódios de que eu tivesse sido actor inconsciente e dos quais só mais tarde vim a ter conhecimento por me terem sido narrados por pessoas que neles houvessem estado presentes, se é que não falariam, também elas, por terem ouvido contar a outras pessoas. Não é esse o caso daquela escolinha......." (pág 63)

(Excerto do último livro de José Saramago)

5 comentários:

T.A. disse...

Com 84 anos,calcorreia meio mundo para falar de Portugal sente que há algo que o faz continuar.
José Saramago afirma que se sente a retirar água do mar com um balde
(ainda por cima furado).
Ou então, a gritar num deserto!...
Acabei de ouvir uma entrevista sua na "Antena 1", em que participou também a neta.Dizia ela que muitas dessas memórias as escuta á mesa durante o almoço...
Um privilégio sem dúvida!
T.A.

Carolina disse...

Olha que pena não saber. Gostaria mt de ter ouvido essa entrevista.
Paciência!
O Homem tem sete fôlegos como o gato!
E parece-me ter ao lado um anjo da guarda a quem ele vai dedicando as suas obras.Neste livro escreve, dedicando:
"A Pilar, que não havia nascido, e tanto tardou a chegar."
Muito elucidativo!(parece-me a mim)

a das artes disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
a das artes disse...

Comecei a ler onte e acabei hoje. Há muito que não conseguia ler um "Saramago" tão depressa... Dá gosto ler bom português, ainda por cima com histórias (e não "estórias") que nos dizem qualquer coisa. Algumas delas podiam ter-se passado comigo. Algumas são parecidas ou, mesmo, iguais!... Recomenda-se vivamente.

Carolina disse...

Vou começar hoje a ler o Saramago.
O Homem parece-me agora mais simpático!
Aquela Pilar conseguiu "amansá-lo"!