2009-07-22

Memórias...


Hoje
Esperei com a certeza
De quem sabia que vinhas

(Ninguém te viu
Nem mesmo o meu olhar)

Fluido apenas
Nocturno de Chopin
Teia de espuma
Mar
....
(carolina)

8 comentários:

Sentidamente disse...

Benditas memórias que nos proporcionaram tão belo momento:
Um poema lindo! Expressão da sensibilidade e do bem dizer da Carolina;
Uma música de beleza calma, fundo do maravilhoso soneto de Florbela numa voz fresca, doce e sentida (Ana Lúcia?);
Uma fotografia que lembra o sonho e faz sonhar.
Feliz simbiose!
beijinhos

Carolina disse...

É! Há momentos inspirados!
Quanto à voz, não é a Ana embora ela tenha participado num CD sobre poemas. Nem sei quem é.
Bjhs

lami disse...

E o mar, sempre o mar...
Carolina, as tuas "memórias" são um mar de mar...

O céu da Céu disse...

A Carolina vive com o Mar, convive com o Mar,respira o ar do Mar, deita-se e levanta-se o ouvir o Mar...e gosta de gaivotas!
bjocas

O Profeta disse...

Pintei em traços vibrantes
Aprisionei a beleza e a harmonia
Dancei no sabor de irreverentes matizes
Misturei a aurora com o fim do dia

Um violoncelo soltou duas notas sorridentes
Dançaram as cores de forma trágica
Os pincéis inventaram a doçura do teu rosto
Em movimentos de rodopiante mágica


Bom fim de semana



Mágico beijo

Carolina disse...

E saltaricando de Blog em Blog, lá vem o Profeta que pelo que se vê também é Poeta!
Viva!
;)

Teresinha disse...

E o Mar, chegou até ti!?...
Lindo, Carol!

Eu também vou chegar, na próxima semana. Bom Domingo de descanso para ti, minha amiga.
(ainda há terças e quintas à tarde?)
beij.

Carolina disse...

Sim Amiga, terças e quintas!
Até....