2009-01-09

A "crise" e a maçã...

O "Grande e Poderoso Homem" caminhava solitário por um pomar de férteis macieiras.
Na sua mão esquerda segurava o inseparável computador portátil, ficheiro virtual de todos os seus poderes, riquezas e falcatruas.
Chamava-se ele, Adão!
Tão absorvido seguia, pensando nos seus múltiplos negócios e embustes, que nem reparava como eram apetecíveis aquelas maçãs. Nem mesmo deu atenção a um vulto feminino (Eva), que o presenteava com o mais delicioso dos frutos. Não deu atenção à mulher mas...não resistiu ao fruto e trincou a maçã, apesar do seu pensamento continuar obcecado com os cifrões da sua conta bancária!
O "Grande e Poderoso Homem" desconhecia, ou fingia desconhecer que aquele era o fruto proibido que não deveria comer.
A sua mente ficou perturbada, ele desorientou-se e começou a vaguear perdido no imenso pomar. O computador caiu-lhe da mão e ali ficou abandonado.
Ora, toda a gente sabe que onde há maçãs, há lagartas. Também ninguém desconhece que as lagartas são loucas por computadores.
De repente, de todas as maçãs saíam lagartas, que lagarteando, teclando, teclando puseram a descoberto todas as maroscas secretas do "Grande e Poderoso Homem".
Das macieiras, como se de folhas de tratasse, começaram a cair homens da TV, da Rádio e dos Jornais.
O Mundo escancarou a boca de espanto!
- Um Homem em quem todos confiavam! Como era possível?!
ADÃO, REVELAVA-SE UM CORRUPTO!
.....
Moral da estória:
«Todo o "Poderoso e Grande Homem" que não resista às tentações, cai e arrasta-nos (a nós) na sua queda!» (Efeitos da tal globalização)
.....
Termino com um conselho aos corruptos: Se atravessarem um pomar, levem uma venda nos olhos para resistirem às tentações e nunca se arrisquem a levar convosco o computador!
,,,,
Pintura: olbinski
Texto: carolina
Canção: a rã, por ana lúcia palmimha
...
Atenção,para quem goste de assuntos tratados com seriedade leia o documento "Carta Aberta aos Portugueses" no seguinte blog: http://nampulasandre.blogspot.com/ (basta clicar neste endereço)



9 comentários:

Banalidades disse...

Este teu estilo mordaz é deveras aliciante. Este teu texto repleto de críticas alegóricas diz-nos muito!!! Na realidade, debaixo da capa da respeitabilidade, há sempre muita corrupção, ganância e maldade...
Cautela,pois, com as tentações que sempre há uma maçâ para morder e lagartas espertas de fazer tremer!Mas que tremam os poderosos, os prepotentes, os indignos e os crapúlas do nosso dia-a dia!
Adorei! Escreve mais!
Jinhos grandes.

Maria José Senos disse...

Lá está a crise, já tinha saudades, de ler coisas bonitas, adorei o Canto das Letras ainda bem que veio,dá muita alma a todas nós um grande beijo.

Juja disse...

Há verdades que surtem mais efeito quando ditas dessa forma espirituosa que tão bem sabes expressar! Este texto é uma delícia pelo sentido que encerra mas também pela imaginação e forma de expressão. Força amiga! Usa e abusa dessas tuas qualidades. Eu gosto muito e parece-me que não estou sozinha.
Também quero salientar a melodiosa ternura dessa rã.
Beijinhos

lami disse...

Na verdade a "crise" é o próprio "Grande e Poderoso Homem", é ele a essência da crise !
A tua histórinha, Carolina, documenta-o na perfeição e as lagartas, essas, são implacáveis!

Teresinha disse...

O "Grande e Poderoso Homem", esquece-se, a maior parte das vezes que, a estrada a percorrer é um Puzle!
E como tal, há sempre fragilidades.
As peças encaixam todas umas nas outras mas, uma "lagarta" apenas pode fazer com que uma dessas peças saia do único lugar onde encaixava na perfeição...
Parabéns Carolina!
Este teu texto está divinal!
Continua...

carolina disse...

Amigas é assim que gosto de falar das "coisas". Meio a sério meio a brincar, por mais SÉRIAS que elas sejam!
Maneira de ser?!
Assim vou levando a própria vida!
Defeito, ou qualidade de fabrico??
Eu gosto assim!
;)

arlete disse...

ah!grandeimaginacao...realmente quem se haveriade lembrar que um dos legados do Adao,mais a suailustre Eva, sao passivoeactivo da c......viva a Carolina.palmas,pal;mas e...a publicacao?
kandandu das terras de Obama

O céu da Céu disse...

É um prazer ler as "tuas coisas"...
Acredita que tinha saudades!bj

Ana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.